Resumão final de semana #11

Os resumos abaixo são do último final de semana, dias 01 e 02 de agosto. No final de cada resumo você pode conferir a matéria completa no veículo de comunicação, clicando no link. 

Política 


Foro privilegiado pode ser revisto pelo STF 

O alcance do foro privilegiado, revisto pelo Supremo Tribunal Federal (STF) em 2018, define a prerrogativa de deputados federais e senadores em relação apenas a crimes praticados no exercício do mandato e relacionados ao cargo. O que não se encaixar nesses parâmetros fica com juízes de primeira instância. No entanto, ministros da Corte vêm divergindo em decisões sobre busca e apreensão em gabinetes do Congresso, especificamente em relação ao senador José Serra (PSDB-SP) e os deputados federais Paulinho da Força e Rejane Dias (PT-PI). Os ministros Rosa Weber e Marco Aurélio Mello e o presidente da Corte, Dias Toffoli, tomaram posições diferentes no caso. Confira mais no Correio Braziliense

Bolsonaro afirma que só terá novo imposto se não aumentar nenhuma carga tributária 

No último domingo (2), durante uma visita em uma padaria de Brasília, o presidente Jair Bolsonaro afirmou que, caso haja a criação de um novo imposto no país, ele deve vir acompanhado de desonerações ou extinção de algum tributo já existente. Segundo Bolsonaro, “ninguém aguenta mais pagar imposto”. A criação de um novo imposto está sendo discutida pela equipe do Ministério da Economia há algum tempo. O ministro Paulo Guedes chegou a sugerir uma cobrança sobre transações eletrônicas semelhante à antiga CPMF. Leia a matéria completa no portal do G1

Resultado do Fies será divulgado nesta terça-feira (4) 

O Ministério da Educação divulgará, nesta terça-feira (4), o resultado dos candidatos pré-selecionados para o Fies. São 30 mil vagas ofertadas em mais de 1,3 mil instituições de ensino superior. Os interessados nas vagas devem se atentar aos prazos pois começa amanhã e termina às 23h59 da quinta-feira (6). Quem não for pré-selecionado nesta fase, pode disputar uma das vagas ofertadas por meio da lista de espera. Confira mais informações na Agência Brasil.

Economia


Reforma proposta por Guedes gera reação no Congresso e atrito no governo 

Os planos do ministro da economia, Paulo Guedes, em relação a nova tributação, proposta na reforma tributária, causaram reações no Congresso e atritos internos na pasta. As insatisfações dos congressistas são tanto com o novo imposto sobre transações, defendido por Guedes, como nas declarações feitas após a apresentação do novo tributo proposto, Contribuição de Bens e Serviços. Eles afirmaram que o ministro falha na comunicação e parece apenas buscar um novo imposto para cobrir todos os rombos futuros do governo. Veja mais na Folha de S. Paulo

Serasa lança campanha para quitar dívidas por R$100 

No sábado (1), a Serasa lançou com campanha ‘Limpa Nome da Serasa’, com parceria de sete empresas com o objetivo de quitar dívidas das pessoas por R$100, devido o cenário de crise causada pelo novo coronavírus. Segundo a empresa, quem tiver débitos entre R$200 e R$1000 reais com as companhias Ativos S.A, Kroton, Tricard, Santander, Recovery, BMG e Cred System terão a possibilidade para quitar suas dívidas e sair do vermelho. O projeto visa beneficiar mais de 9 milhões de brasileiros e a quitação de 25 milhões de dívidas em aberto, em todo o país. Leia mais em O Dia

Estados registram queda na arrecadação do 1º semestre de 2020 

Segundo o levantamento feito pela Folha de S.Paulo, os Estados brasileiros registraram queda na arrecadação do 1º semestre de 2020. Ao todo, foram R$16,4 bilhões a menos que entraram nos cofres públicos estaduais, comparando com o mesmo período em 2019. Seis Estados tiveram saldo positivo. Segundo a pesquisa do Ibre/FGV, Juliana Damasco, o isolamento social afetou diretamente a arrecadamento de ICMS, principal tributo estadual. Veja informações completas no Poder 360.

Saúde


Fiocruz firma parceria para produzir 100 milhões de doses de vacina contra o coronavírus 

A Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) firmou um acordo com a farmacêutica britânica AstraZeneca para transferência de tecnologia entre os laboratórios e a produção de 100 milhões de doses da vacina contra a Covid-19, caso seja comprovada a sua eficácia e segurança. A encomenda tecnológica está prevista para agosto e deve garantir o acesso a 30 milhões de doses da vacina entre dezembro e janeiro de 2021 e 70 milhões ao longo dos dois primeiros trimestres do próximo ano. Leia mais na Agência Brasil.

Rússia vai iniciar vacinação em massa contra Covid-19 em outubro 

O ministro da Saúde, Mikhail Murashko, anunciou, no sábado (1), que a Rússia irá iniciar a vacinação em massa em outubro. De acordo com o chefe da pasta, os testes com a vacina russa foram concluídos e obtiveram resultados positivos. Profissionais de saúde e professores devem ser priorizados na 1ª leva de vacinação. As pesquisas da vacina foram realizadas com 38 voluntários, que foram testados e mantidos em isolamento para se proteger de outras infecções. O governo afirma que a vacina já pode ser distribuída para a população no geral. Confira mais em Poder 360

Brasil bateu a marca de 2,7 milhões de infectados pelo coronavírus e mais de 94 mil mortes, no último domingo (2) 

Segundo dados divulgados pelo Ministério da Saúde, no último domingo (2), o Brasil atingiu a marca de 94,1 mil mortos causados pela Covid-19. O número de infectados cresceu para mais de 2,7 milhões de casos. A taxa de infecção para cada 100 mil habitantes é de 1.301 pessoas. Segundo o Ministério, o número de recuperados também aumentou para 1,8 milhões. Os estados estão em situação de alerta com o número de casos crescente nas metrópoles, a região sudeste registra um total de 942 mil casos, seguida da região nordeste com 878 mil. O norte do país soma 414 mil casos, o centro-oeste, 259 mil e o sul está com mais de 238 mil casos da doença. Leia mais em Agência Brasil.

Até a próxima!
Equipe CN.

0 comentários