Resumo da semana de 13 a 17 de julho


Confira o que aconteceu nesta semana entre os dias 13 a 17 de julho. As reportagens completas dos resumos que selecionamos podem ser acessadas através do link no final de cada resumo. 

Política 


Ministério da Ciência e Tecnologia anuncia reformulação do Inpe 

O Ministério da Ciência e Tecnologia, comandado por Marcos Pontes, anunciou, nesta terça-feira (14), um plano de reformulação do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe). O anúncio ocorreu após a divulgação de dados sobre o desmatamento recorde na Amazônia, sendo o Inep o órgão responsável por monitorar esses dados. O Conselho Nacional da Amazônia Legal, liderado pelo vice-presidente Hamilton Mourão, é um órgão que tenta combater os crimes ambientais na região. No entanto, não conseguiu conter a alta de 14 meses de desmatamento. Leia mais no Nexo Jornal

MP que dispensa licitação para combate à Covid-19 vai para sanção presidencial 

Com o propósito de ajudar os gestores municipais e estaduais, o Senado aprovou, nesta quinta-feira (16), a Medida Provisória 926/20 que flexibiliza as regras de licitações durante a pandemia da Covid-19. Com a MP, que no momento depende da sanção presidencial, a compra de equipamentos e outros serviços importantes utilizados no combate à crise sanitária poderão ser feitos sem licitação. Entenda mais na matéria da Agência Brasil

Quarto ministro da Educação, Milton Ribeiro, toma posse nesta quinta-feira (16) 

Milton Ribeiro é o novo ministro da Educação e sua posse oficial aconteceu nesta quinta-feira (16). O anúncio oficial de Milton foi feito pelo presidente Jair Bolsonaro, na última sexta (10), através de redes sociais. A cerimônia de posse aconteceu no Palácio do Planalto e Jair Bolsonaro participou por videoconferência devido ao diagnóstico positivo para o novo coronavírus. Os ministros Braga Netto e Jorge Oliveira estavam presentes no ato de posse. Matéria completa no portal do G1

Economia 


Brasil deve retroceder ao PIB de 2016 

A projeção da Fundação Getulio Vargas (FGV) prevê que a economia do Brasil feche o ano de 2021 em um nível próximo ao de 2016, mesmo com uma previsão de alta do Produto Interno Bruto (PIB) da ordem de 2,5% para o próximo ano. Na previsão da Tendências Consultoria, o país só conseguiria atingir o PIB pré-pandemia em 2023. Economistas avaliam que 2020 será o ano com a pior queda já registrada. A recuperação da crise, agravada pela pandemia, é afetada pela fragilidade do mercado de trabalho, dívidas e instabilidade. Confira mais no DW

Projeto de lei prevê ações emergenciais para o setor esportivo 

Nesta quinta-feira (16), a Câmara dos Deputados aprovou o Projeto de Lei 2.824 de 2020. O projeto é do deputado Felipe Carreras (PSB-PE) e o relator foi Alexandre Frota (PSDB-SP). Ele evidencia ações emergenciais para os profissionais do esporte durante a pandemia da Covid-19. A votação foi simbólica e, agora, precisa do aval do Senado e sanção presidencial para virar lei. Confira a matéria completa no Poder 360


Mercado Financeiro aposta em reforma tributária para 2021 

Segundo pesquisa realizada pela Secretaria de Política Econômica (SPE), menos de 10% do mercado financeiro aposta que a reforma tributária, proposta pelo presidente Jair Bolsonaro e o Congresso Nacional, acontecerá ainda este ano. Especialistas da área disseram que a medida deverá ficar para 2021 por conta do combate a pandemia pelo novo coronavírus. A reforma está sendo indicada como uma das prioridades do Ministério da Economia. Paulo Guedes acredita que a medida é necessária para prosseguir com o crescimento da economia do país. Leia mais em Correio Braziliense

Saúde 


Resultados preliminares da vacina de Oxford serão divulgados na próxima semana 

A vacina contra a Covid-19 em desenvolvimento pela Universidade de Oxford em parceria com a farmacêutica AstraZeneca está na fase 3 dos testes. No entanto, os pesquisadores não divulgaram ainda os resultados da fase 1. Os resultados preliminares dos testes clínicos serão publicados na próxima segunda-feira (20). O anúncio foi feito pela The Lancet, publicação especializada, nesta quarta-feira (15). Leia mais na CNN Brasil

Fiocruz realiza parceria importante para produzir medicamentos contra HIV 

A Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), junto à farmacêutica britânica GSK e a ViiV Healthcare, especializada em tratamento para HIV, estabeleceram uma parceria de longo prazo para o desenvolvimento e a produção de antirretrovirais no Brasil. O Instituto de Tecnologia em Fármacos (Farmanguinhos) da Fiocruz, por meio de novas tecnologias, visa aumentar a produção de medicamentos para pacientes que vivem com HIV. Entenda mais dessa parceria na matéria da Agência Brasil

Brasil ultrapassa a marca de 2 milhões de casos pela Covid-19 

O Ministério da Saúde divulgou, nesta quinta-feira (16), o número total de infectados pelo novo coronavirus. A doença bateu a marca de 2.012.151 milhões de pessoas pelo Brasil. O número de curados é de 1.296.328 pacientes e os óbitos chegaram aos mais de 76 mil. A taxa de letalidade do vírus está em 3,8%. A mortalidade a cada 100 mil habitantes é de 36,5. Os estados mais atingidos são os de São Paulo, Ceará, Rio de Janeiro, Pará e Bahia. Os dados e informações detalhadas estão disponíveis no portal da Agência Brasil.

Até a próxima!
Equipe CN.

0 comentários