Resumo da semana de 8 a 12 de junho

Confira os acontecimentos que aconteceram nessa semana, entre os dias 8 a 12 de junho. As reportagens completa dos resumos que selecionamos podem ser acessadas por meio do link no final de cada resumo. 

Política 


Bolsonaro anuncia reformulação do Ministério das Comunicações 

A recriação do Ministério das Comunicações foi anunciada na última quarta-feira (11) pelo presidente Jair Bolsonaro. O ministério será formado a partir da separação do Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações. A pasta, extinta durante o mandato de Michel Temer, será responsável pelo controle e distribuição das verbas publicitárias do Governo. O ministro será o deputado Fábio Faria, integrante do PSD-RN, partido considerado do “centrão”, cujo qual Bolsonaro vem tentando criar uma base de apoio no Congresso. Ainda não foram divulgadas as estruturas que serão parte da nova pasta. Leia mais no portal DW

Cassação da chapa de Bolsonaro-Mourão é adiada pelo STE 

O Tribunal Superior Eleitoral retomou, na última terça-feira (9), o processo de julgamento das ações movidas contra a chapa presidencial de Jair Bolsonaro e Hamilton Mourão. Depois da sessão no STE, o julgamento foi suspenso por Alexandre de Moraes, também integrante do Supremo Tribunal Eleitoral, para ser analisado com mais rigor. Um dos processos são baseados em ataques contra um grupo de mulheres no Facebook, em 2018, contrárias a eleição do atual presidente. Os nove juízes do caso são formados por três membros de cada poder, ou seja, três ministros do Supremo Tribunal Federal, três do Supremo Tribunal de Justiça e três do Supremo Tribunal Eleitoral. O caso ainda está em aberto e sendo analisado pelos juízes dos três poderes. A matéria completa está no site da BBC BRASIL


Recursos do Fundo Amazônia podem ser liberados em até três meses 

Em entrevista coletiva na quarta-feira (10), o vice-presidente da República, Hamilton Mourão, disse que os recursos do Fundo Amazônia serão liberados em até três meses. Os recursos, financiados pela Noruega e Alemanha, são destinados à preservação e ao desenvolvimento sustentável da região. Desde 2019, os recursos haviam sido bloqueados devido ao avanço do desmatamento e das queimadas na floresta no ano passado. Apesar da data estipulada pelo vice, tanto a Noruega quanto a Alemanha não garantiram o repasse dos recursos. Leia a matéria na DW.

Economia 

Paulo Guedes propõe alterações para o Bolsa Família 

O Ministro da Economia, Paulo Guedes, anunciou, em uma reunião de conselho do governo, na última terça-feira (09), o lançamento do programa Renda Brasil, que substituirá o Bolsa Família. O objetivo é que o novo programa seja ampliado para atender os brasileiros que não recebem auxílio do governo. Eles foram identificados devido à pandemia da Covid-19, por meio das informações dadas para receber o auxílio emergencial. Os detalhes do novo programa ainda não foram apresentados. Leia mais no Nexo Jornal


Cerca de R$15 bilhões serão destinados aos microempreendedores 

Na última quarta-feira (10), o Governo Federal anunciou que cerca de R$15 bilhões estão disponíveis nas agências bancárias do Fundo Garantidor de Operações (FGO), gerenciado pelo Banco do Brasil, para crédito a micro e pequenas empresas. A ação tem como objetivo ajudar os microempreendedores neste momento de pandemia, causada pelo novo coronavírus. As empresas que aderirem ao Pronampe podem solicitar a ajuda. De acordo com o governo, 12 instituições financeiras se cadastraram para oferecerem os empréstimos subsidiados. Cerca de 4,6 milhões de micro e pequenas empresas devem receber o comunicado da Receita Federal. Leia a reportagem completa no Poder 360

Economia brasileira pode recuar 8% em 2020 e terá lenta recuperação 

O Banco Mundial divulgou, na última segunda-feira (8), dados com as estimativas de crescimento dos países em 2020. O Brasil deverá ter encolhimento de 8% neste ano. Em janeiro, a instituição apontava um crescimento de 2% para o país, mas, com a crise do coronavírus, o processo foi revertido. A projeção de crescimento para 2021 é de 2,2% e será um progresso mais lento diante de outros países. O crescimento da economia mundial é de 4,2% no próximo ano. A matéria, na íntegra, está disponível no site da Folha de S. Paulo.

Saúde


Pesquisa aponta decaída na saúde mental devido à pandemia 

A pesquisa CovidPsiq, realizada pela Universidade Federal de Santa Maria (UFSM), tem como objetivo analisar as mudanças nos sintomas de ansiedade, estresse e depressão entre os brasileiros, durante a pandemia da Covid-19. Os resultados da primeira de quatro fases foram divulgados na última quarta-feira (10) e apontam que 65% das pessoas que responderam aos questionamentos afirmaram que a saúde mental piorou no atual cenário. Os que mais registraram os sintomas de estresse, ansiedade e depressão são os que estavam em acompanhamento com profissionais de saúde mental e tiveram que interromper devido ao distanciamento social. Confira mais no G1

Assintomáticos transmitem a Covid-19, esclarece a OMS

Após uma declaração confusa de Maria Van Kerkhove, líder técnica do programa de emergência da Organização Mundial da Saúde (OMS), dizendo que a transmissão por pacientes assintomáticos parecia raro, o órgão esclareceu, na última terça-feira (9), que os indivíduos infectados pela Covid-19, mesmo não apresentando os sintomas (assintomáticos), também transmitem o vírus. A confusão gerou impasse entre pesquisadores e líderes de governo, que criticam o isolamento social, como o presidente Jair Bolsonaro. Entenda mais sobre o caso na DW

Governo de São Paulo anunciou a produção de uma vacina contra o novo coronavírus 

Na tarde desta quinta-feira (11), o Estado de São Paulo anunciou que vai produzir uma vacina contra a Covid-19. Esse procedimento só será possível graças à parceria firmada com o Instituto Butantan e o laboratório chinês Sinovac Biotech. A vacina será composta apenas de fragmentos do vírus morto e com baixa atividade. Dessa forma, o sistema imunológico passará a produzir anticorpos contra o agente causador do vírus. A vacina, chamada de CoronaVac, está em fase adiantada e entrou para a terceira etapa, onde é feito testes em humanos. Segundo o governador João Doria, a vacina poderá estar disponível até o primeiro semestre do próximo ano. O investimento do Instituto Butantan para os estudos da vacina foi de R$85 milhões. A matéria completa está disponível na página da Agência Brasil.

Até a próxima!
Equipe CN.

0 comentários