Resumão final de semana #03

Os resumos abaixo são do último final de semana, dias 7 e 8 de junho. No final de cada resumo, você pode conferir a matéria completa do jornal clicando no link. 

Política 


A tentativa de Bolsonaro na configuração da Câmara 

O presidente Jair Bolsonaro está tentando conseguir apoio do centrão para um cenário mais estável no Congresso. Bolsonaro adotou novas práticas, como a composição de cargos na máquina pública e a liberação de emendas parlamentares. É a partir dessa configuração que as disputas serão travadas, desde a aprovação de projetos que interessam ao Palácio do Planalto, até debates sobre pedidos de impeachment. Mesmo com a oferta de cargos ao centrão fortalecendo a base do governo, a ala independente continua forte para votações na Casa. Confira como fica o cenário político no Nexo Jornal

Ministério da Saúde deve explicar as alterações na divulgação de dados sobre a Covid-19 

O Ministério Público Federal (MPF) abriu um procedimento extrajudicial a respeito dos motivos que levaram o Ministério da Saúde a ocultar informações da Covid-19 no novo portal. Em até 72 horas, o ministro interino da Saúde, Eduardo Pazuello, deve explicar as mudanças na divulgação. A solicitação foi feita pela Câmara de Direitos Sociais e Fiscalização de Atos Administrativos do MPF. Leia a matéria do Poder 360

Carlos Wizard recusa o cargo de “conselheiro” do Ministério da Saúde 

Em nota, divulgada neste domingo (07), o empresário agradece ao ministro interino Eduardo Pazuello mas recusa o cargo para “continuar a se dedicar de forma solidária e independente aos trabalhos sociais que iniciou em 2018 em Roraima”. Na última sexta feira (05), Wizard gerou polêmica ao dizer que o Ministério da Saúde iria rever os dados de mortos pela Covid-19, sob a suspeita de que eles estariam “inflados”. Confira mais na matéria do G1.


Economia


Finaliza em junho o prazo para declarar o Imposto de Renda 

O prazo para entrega das declarações do Imposto de Renda da Pessoa Física (IRPF) 2020 foi prorrogado pela Receita Federal, devido a pandemia da Covid-19, até o dia 30 de junho. Até a última sexta-feira (05), o governo recebeu cerca de 17 milhões de declarações, total equivalente a pouco mais da metade esperada para este ano. Quem teve renda inferior a R$ 28.559,70, até 31 de dezembro de 2019, está isento de fazer a declaração, bem como portadores de doenças graves. A declaração precisa ser feita para evitar a malha fina. Confira as dicas de envio no Correio Braziliense

Mobilização nacional em prol da prorrogação do auxílio emergencial 

Cerca de 160 organizações e movimentos lançaram, no último domingo (7), um documento que aponta os obstáculos encontrados na implementação do auxílio emergencial de R$600. As entidades cobram, também, uma resposta imediata dos órgãos do Governo Federal responsáveis pela efetivação do auxílio, alertando os parlamentares sobre projetos de lei que possam prorrogar a política de ajuda ou a proposta de um novo benefício para ampliar a rede de proteção social. Veja mais informações no Estado de Minas


86% dos profissionais gostariam de continuar trabalhando em casa 

O resultado veio de uma pesquisa online, feita pela empresa de seleção e recrutamento, Robert Half, entre os dias 4 a 21 de maio, com 800 profissionais acima de 18 anos. Dentre os entrevistados, 49% acreditam ter melhor equilíbrio entre a vida pessoal e profissional não precisando se deslocar diariamente. 74% estão preocupados com o desemprego, 52% acham que a jornada diária de trabalho aumentou e só 15% acreditam ter reduzido a carga horária. Confira os detalhes da pesquisa na matéria do G1.

Saúde


Novo portal do Ministério da Saúde omite dados da Covid-19 

O portal do Ministério da Saúde, com informações sobre a pandemia da Covid-19, retornou ao ar na tarde do último sábado (6). No entanto, o novo site informa apenas os dados das últimas 24 horas, divulgando os casos confirmados, recuperados e óbitos confirmados. A pasta vem adotando uma nova forma de divulgação sobre a situação da doença; inclusive, omitindo o total de casos e mortes. De acordo com a lei 13.979, o Governo deve manter os dados públicos atualizados sobre os casos confirmados, suspeitos e em investigação.Veja mais informações no Poder 360

USP testará nova forma de imunização contra a Covid-19 

A Universidade de São Paulo (USP) testará uma vacina por spray contra a Covid-19. A aplicação será nasal, sendo necessárias duas doses em cada narina, a cada 15 dias, para garantir a imunização. O custo estimado pelos pesquisadores é de R$ 100. De acordo com a USP, dentre as vantagens estão a aceitação de crianças e idosos a essa forma de imunização e a menor chance de reações ou efeitos colaterais. O modelo já foi testado em camundongos contra a hepatite B e deve ser testado nesses mesmos animais em até três meses. Ainda não há estimativa de quando estará disponível para a população. Confira mais no portal GaúchaZH

Secretários apresentam painel com dados da Covid-19 

O Painel Conass – Covid-19 foi disponibilizado no último domingo (07) pelo Conselho Nacional de Secretários de Saúde (Conass). O objetivo é atualizar diariamente os dados da Covid-19 no Brasil, às 18h, apresentando os números de casos confirmados, de óbitos e de pacientes que já estão recuperados. O motivo que levou a essa ação foi a decisão do governo federal em não disponibilizar o número total de mortes e casos confirmados. De acordo com o presidente do Conass, Alberto Beltrame, o conselho atua pelo alto interesse público. Leia mais no Brasil de Fato.

Até a próxima!
Equipe CN.

0 comentários