Coluna | 2020: O ano promissor para o POP



Nesse período tão difícil que estamos passando, ouvir música pode nos levar a outros universos e nos trazer certo aconchego. Com a maioria da população isolada em casa, o consumo de materiais sonoros aumentou. Por isso, a indústria do entretenimento musical não para suas produções. Esse momento de distanciamento social também abre as portas para bandas e cantores antes desconhecidos, proporcionando momentos prazerosos para as rotinas que ficaram mais monótonas do que nunca. Então, aqui vão algumas dicas de cantores e álbuns para você curtir e sair do tédio durante esse tempo de isolamento social. Nomes como Katy Perry, Dua Lipa, The Weeknd, Lady Gaga e Adele são os mais visados para futuros lançamentos de álbuns e singles. 

Começemos por Dua Lipa, com o lançamento de ‘Future Nostalgia’. Um álbum que teria seu lançamento em meados de abril, após o vazamento das faixas, se antecipou e foi um grande sucesso. A cantora bateu recordes com suas ‘tracks’. Dentre elas, ‘Break my heart’, que ficou em 2° lugar nas principais plataformas de streamings musicais e foi recebida com grandes aplausos pelos críticos. Seu álbum deu aquele ‘up’ no pop mundial, com uma pegada dos anos 90, e recebeu nota máxima nas principais revistas especializadas no assunto. A NME, uma das mais conceituadas revistas de entretenimento, deu conceito 5 para o álbum de Dua Lipa e o classificou como ‘powerful pop perfection’.

The Weeknd recebe nota 88 no Metacritic pelo
álbum After Hours | Getty Images/Reprodução
No álbum ‘After Hours’, do The Weeknd, temos um visual, descrito pelos críticos, como psicodélico e inspirado nos filmes mais escuros, como ‘Fear loathing in Las Vegas’, de Terry Gilliam, do fim dos anos 90. Suas músicas seguem o mesmo padrão estético utilizado nessa era. O single ‘Heartless’ foi o primeiro a ser lançado para a promoção do álbum e entrou para o Hot 100 da Billboard dos Estados Unidos. ‘Blinding Lights’, segundo single do álbum, foi sucesso e entrou para a mesma lista que o primeiro lançamento, permanecendo por mais tempo. No Metacritic, site que reúne as principais críticas ao redor do mundo dos conteúdos de entretenimento, ele recebeu nota 83 de 100, fazendo com que o álbum seja muito bem visto e requisitado no mercado. Então, se você é fã e curte músicas com essa pegada pop dos anos 90, Dua Lipa e The Weeknd são ótimas indicações. 

Já com um estilo de soft pop, temos Katy Perry para não ficar de fora! Com quatro singles lançados em 2019, a cantora liberou mais dois em 2020. ‘Never worm white’ foi o escolhido para o anuncio de sua primeira gravidez. ‘Daisies’, que teve estreia no dia 15 de maio, mostra como está sendo a gestação. Reunindo os últimos lançamentos, os fãs esperam um álbum novo, ainda este ano, com um estilo bem diferente e mais calmo do que ‘Witness’, que tem um estilo mais dance. 

Lady Gaga na foto promocional do single Stupid Love,
do álbum Chromatica | Getty Images/Reprodução
Agora, se você gosta de pop dance e está sem saber o que escutar, Lady Gaga é ótima opção para solucionar seus problemas. Após sumir do cenário musical, ela voltou com tudo em 2020. Depois do álbum ‘Joanne’ (2014), Gaga deu seu revival no mundo pop com o single ‘Stupid love’, lançado em fevereiro deste ano. 

O álbum chamado ‘Chromatica’ (2020) logo foi anunciado e os fãs foram à loucura. O segundo single é ‘Rain on me’, com parceria de Ariana Grande. Esse foi um dos feats mais esperados dessa nova era da cantora. Lançado em 22 de maio, ‘Rain on me’ vem emplacado nas paradas mundiais, tanto nos Estados Unidos como na Europa. Com o single, Gaga alcançou o posto de hit internacional mais ouvido pelo Spotify Brasil, tendo 822 mil plays em 24 horas. Esse feito foi alcançado somente por Taylor Swift com “Look what you make me do”, do álbum ‘Reputation’, com 622 mil plays. 

O sexto álbum de estúdio de Gaga foi lançando nessa sexta-feira (29) e conta com 16 tracks, tendo parcerias com Elton John e BlackPink. Com um visual totalmente futurístico, Lady Gaga fez uma fusão entre seus álbuns ‘Born this way’ e ‘ArtPop’, em questão de estilo musical. O ‘Chromatica’ traz um pop dance que jamais seria apresentado no atual cenário musical. Com trilhas instrumentais construídas para serem transições entre as músicas, e que remetem a filmes de fantasia, misturadas com as batidas pop do início aos anos 2000, o novo álbum de Gaga traz certa nostalgia para os amantes do eurodance da época. E é ótimo para fazer uma faxina, dançar sozinho no meio da sala ou cantar no chuveiro. Vai da sua imaginação. 

Adele anunciou que seu próximo álbum será
lançado em setembro de 2020 | Getty Images/Reprodução
Para encerrar, temos Adele, que ainda não lançou um álbum novo, mas é ótima cantora e esbanja talento. Suas músicas passam por vários estilos, indo do R&B, Soul music até o Pop, fazendo o que poucos cantores fazem. Seus últimos singles são perfeitos para um fim de tarde, após uma boa leitura, acompanhados de um café. Uma dica: vale a pena investir! Adele já ganhou vários Grammy’s por seu talento inexplicável. Até que o álbum novo venha a ser lançado, previsto para setembro deste ano, resta-nos, no momento, ouvir suas músicas dos álbuns anteriores e apreciar tamanho talento. 

Falamos de artistas, músicas e estilos musicais. Mas, afinal, para que serve a música e como ela pode nos ajudar? Estudos feitos por psicólogos e psiquiatras nos Estados Unidos apontam que escutar música, independente do gênero, diminui o estresse, a ansiedade, ajuda no combate ao Alzheimer e atua na liberação de hormônios como a endorfina, dopamina, serotonina e ocitocina, diretamente ligados ao nosso cérebro e aos nossos sentimentos. A música serve como terapia, salva vidas e une aquilo que o mundo tenta separar. Por mais que essa quarentena esteja sendo difícil, é importante nos cuidar mentalmente. Escutar música é saúde, é autocuidado. Por isso, fique em casa, lave as mãos e ouça muita música!

Até a próxima!

0 comentários